Mar

Foto: Silvio Silva


Poema ao Mar

No mar
profundo
fecundo
o monte
de fronte.
No espaço
abraço
enlaço
alado.
No mar encerro tudo,
lembrando o meu passado.

Sofro
contigo.
Tu sofres
depois.
O monte
assiste.
Sofremos
os dois.
Eu sou tuas
ondas,
na tua amplidão...
Vou - Lembro o amor que se foi.
Volto - Trago uma ilusão...


Também
banais
iguais
no sofrer
sem fim.
Por que
saber
sem ser
assim?
O mar
amar
sonhar
sonhar
o mar...
Ah! mar!...
Amado.
A noite vai chegando
o dia vai morrendo...
Eu me faço Sol
vou me escondendo.
Dormir
no infinitivo
de um amor
passado.


Nao sei quem é o autor do poema...


8 comentários:

MajoLuan disse...

Gostei muito do poema ;) Bela foto sim sr. *****

Andreia do Flautim disse...

A fotografia está espetacular! =)

Woodworm disse...

Bela foto....

Lua enfeitiçada disse...

gostei do poema mas a Foto ta bem melhor ;)

beijinhos

soslayo disse...

JSILVIO:

Sem saber o seu autor, pouco importa agora, no entanto, é muito bonita esta poesia e a foto está a condizer. Um abraço.

CatWorld disse...

tudo linfo, foto, poema!
bom fim de semana lindo!
beijoca!

Su disse...

gostei da foto e da escolha do poema

parabens atrasados à mana....

gostei de conhecer o site do bordado criativo

jocas maradas

Helena disse...

Lindos, o poema e a foto.