Praia de Machico



Localizada perto do Aeroporto da Madeira, a bonita baía de Machico tem uma maravilhosa praia e boas facilidades para tomar banho e apanhar sol.

A praia de areia dourada 'Banda D'Além', uma maravilhosa extensão de areia suave criada na parte Oriental da baía de Machico, que se junta ao charme desta encantadora cidade histórica.

Também feita de calhau, como quase todas as praias da Madeira, esta praia é a eleita pelos locais durante o Verão, verificando grande afluência aos fins-de-semana.

Para além de outras infra-estruturas de apoio aos visitantes, tais como serviços de restauração e bar/café, a praia de Machico dispõe de balneários, duches, recintos para futebol e vólei de praia, gaivotas e motas de água, aluguer de espreguiçadeiras e guarda-sóis e parque de estacionamento. A segurança é garantida por dois nadadores-salvadores e um vigilante e também pelo posto de primeiros-socorros, sempre pronto a prestar assistência.

Praínha - Caniçal


A Prainha, perto da ponta de São Lourenço, é uma praia de areia negra de origem vulcânica que proporciona um dia de praia diferente do que é habitual.
A Prainha é uma praia de areia negra de origem vulcânica perto da formosa Ponta de São Lourenço. Nesta praia encontram-se as Dunas da Piedade, que são fósseis calcários de interesse geomorfológico. 
A paisagem que envolve esta praia contrasta com a que encontramos na maior parte da ilha. Aqui o habitual verde é substituído por uma paisagem árida, pintada de amarelos, castanhos e laranjas.
Este espaço balnear dispõem de um restaurante, balneários, guarda-sóis e espreguiçadeiras e parque de estacionamento.

Miut 2018




O momento da minha chegada a #Machico ocorreu antes...e não registei! Por isso aqui ficam as fotos dos grandes vencedores do Madeira Island Trail 2018
Andris Ronimoiss com o tempo de 13:57:10 e Mimmi Kotka com o tempo de 14:40:00

Podes ver algumas fotos do Miut, Ultra e Marathon aqui Fotos/Photos

MIUT115KM
RESULTADOS (HOMENS)
Andris Ronimoiss13:57:10
Aurelien Dunand-pallaz14:19:05
Jordi Gamito14:22:28
RESULTADOS (MULHERES)
Mimmi Kotka14:40:00
Audrey Bassac16:51:38
Juliette Blanchet17:11:23
ULTRA85KM
RESULTADOS (HOMENS)
Germain Grangier09:59:29
Alexis Montagnat-Rentier10:03:04
Julien Jorro10:23:55
RESULTADOS (MULHERES)
Katie Schide09:23:12
Audrey Tanguy09:30:41
Yulia Baykova11:12:08
RESULTADOS (HOMENS)
Davide Cheraz03:47:14
Alvin Lair03:52:35
Ricardo Gouveia03:58:38
RESULTADOS (MULHERES)
Sarah Vieuille04:29:37
Aroa Sio04:39:50
Emmanuelle Duchaine04:46:14
MINI16KM
RESULTADOS (MULHERES)
Luisa Freitas01:20:42
Ida Tjørsvaag01:27:11
Angela Soares01:32:39

Poço da Neve



Segundo a história, a neve e o gelo eram armazenados nos poços da neve, sendo depois carregado às costas em sacos de couro pelos homens até ao seu destino final. Desses reservatórios apenas um chegou aos nossos dias em bom estado de conservação, localizando-se perto do Pico do Areeiro em pleno parque Ecológico do Funchal, a 1600 metros de altitude, estando desactivado mas não deixando mesmo assim de nos lembrar as dificuldades e o engenho dos nossos antepassados. É o MIRADOURO DO POÇO DA NEVE.

According to history, snow and ice were stored in pits of snow, and then loaded back into the leather bags for men until their final destination. Only one of these reservoirs has reached our days in good condition, being located near Pico Areeiro fully Funchal Ecological Park, the 1600 meters of altitude, being disabled but should still remind us of the difficulties and the ingenuity of our ancestors. It's POÇO DA NEVE (well of snow) Viewpoint.

Balcões - Ribeiro Frio - Madeira



Este pequeno trilho tem 1,5 Km, uma duração de +-1 hora(ida e volta) e tem início no Ribeiro Frio, seguindo a Levada da Serra do Faial até o miradouro dos Balcões, donde se podem desfrutar vistas soberbas.

Este trilho tem início e fim na estrada regional E.R.103 no Ribeiro Frio numa extensão de 1,5 Km (+ 1,5 Km de regresso), com uma duração de 1h (ida e regresso). O percurso acompanha a Levada da Serra do Faial dando acesso ao Miradouro dos balcões onde são observadas belas paisagens sobre o profundo vale da Ribeira da Metade e da Freguesia do Faial.

Ao longo do percurso são encontradas espécies indígenas e endémicas da Madeira pertencentes ao ecossistema – Floresta Laurissilva do Til e do Vinhático, destacando-se as espécies arbóreas da família das Lauráceas: O Loureiro (Laurus novocanariensis), o Til (Ocotea foetens), o Vinhático (Persea indica), o Folhado (Clethra arborea) e outras espécies como a Uveira da Serra (Vaccinium padifolium), Urze das vassouras (Erica platycodon ssp. maderincola) e Urze Molar (Erica arborea), Orquídea da Serra (Dactylorhiza foliosa).

Neste percurso, para além das espécies vegetais indígenas são observadas espécies arbóreas exóticas de folha caduca como os Carvalhos (Quercus robur) e Plátanos (Platanus x acreifolia) que se distribuem regularmente na margem do trilho.

Com alguma frequência é possível avistar algumas espécies da avifauna como o tentilhão (Fringilla coelebs maderensis), a Lavadeira (Motacilla cinerea schmitzi), o Melro-preto (Turdus merula cabreae), o Papinho (Erithacus rubecula), a Manta (Buteo buteo harteti) e com menos frequência o Bisbis (Regulus ignicapillus maderensis) e o Pombo Trocaz (Columba trocaz).

Ao chegar ao Miradouro dos Balcões o caminhante deparar-se-á com um esplêndido cenário, totalmente coberto pelos vales verdejantes característicos da Floresta Laurissilva, área integrante da Rede Natura 2000, com especial importância na condensação da água dos nevoeiros nas folhas das plantas, conduzindo-a em grandes quantidades até ao solo, onde irá posteriormente carregar as nascentes e as ribeiras.

Deste Miradouro é observada a Central Hidroeléctrica da Fajã da Nogueira, produzindo electricidade com a água retida e abastecendo todo o Concelho de Santana.

Em dias de boa visibilidade, poderá ser avistada a Cordilheira Central da Ilha, destacando-se os dois picos mais altos, o Pico do Areeiro (1817m) e o Pico Ruivo (1861m), assim como a Penha D´Águia (formação geológica).

De regresso ao Ribeiro Frio pelo mesmo trilho, pode visitar o Parque Florestal do Ribeiro Frio, que integra o Centro Aquícola com o viveiro de trutas Arco-Íris (Oncorhynchus mykiss walbaum), cujo principal objectivo é a produção de trutas para o repovoamento das linhas de água da Ilha da Madeira.